ATENÇÃO LEITORES DO BLOG - COMENTÁRIOS:
Estou sem tempo para responder os comentários, peço ajuda a pessoas que realmente conhecem a planta da postagem que ajudem a esclarecer a dúvida.

Ainda não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.

Para ver todas postagens - É só clicar no link abaixo:
ÍNDICE GERAL DOS TÓPICOS

24/08/2014

PILÉIA-ALUMINIO, PLANTA-ALUMÍNIO - ( Pilea cadierei )



Herbácea perene.
PILÉIA-ALUMINIO, PLANTA-ALUMÍNIO - ( Pilea cadierei )
NOME CIENTÍFICO: Pilea cadierei.

NOME POPULAR: Piléa-alumínio, alumínio, piléia, planta-alumínio

FAMÍLIA: Urticaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

Nota: Apesar de perene, como as folhagens de plantas novas são mais vigorosas e bonitas, algumas pessoas preferem renovar o canteiro anualmente por ocasião do início da primavera.

ORIGEM: Vietnã.

PORTE: De 20 a 30 cm de altura.

FOLHAS: Simples, de coloração verde escura na página (face) superior, com manchas prateadas (motivo de seu nome popular) e nervuras bem definidas. Na página inferior, tem coloração verde médio sem manchas.
 
PILÉIA-ALUMINIO, PLANTA-ALUMÍNIO - ( Pilea cadierei )
PILÉIA-ALUMINIO, PLANTA-ALUMÍNIO - ( Pilea cadierei ) - Página (face) inferior
FLORES: De importância secundária, suas inflorescências são compostas de pequenas flores de coloração branca, surgem no verão.

TRONCO: Ramos eretos, macios e suculentos.

LUMINOSIDADE: Meia-sombra.

ÁGUA: Gosta de solo mantido úmido, mas não encharcado, regar duas vezes por semana (no caso de ausência de chuvas), a quantidade deve ser de acordo com necessidade, sendo maior nas épocas de clima quente e menor no frio.  

CLIMA: Gosta de clima quente, aceita temperaturas mais baixas, mas não tolera geadas.

PODA: Não necessária, quando a planta começar a perder o vigor inicial e beleza poderá ser replantada.

CULTIVO: Bastante rústica e de baixa manutenção, aprecia solo rico em matéria orgânica, mantido úmido, mas que tenha boa drenagem.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião da preparação do canteiro incorporar ao solo esterco animal sempre muito bem curtido ou composto orgânico.

UTILIZAÇÃO: Bastante utilizada como forrações, em baixo de árvores, onde a grama não tem sucesso de crescimento, mas não resiste a pisoteio. Também tem aplicações diversas em vasos, jardineiras, bordaduras, composição com outras plantas, etc.

PROPAGAÇÃO: A multiplicação é feita com bastante facilidade, pela divisão de plantas ou por estacas, que podem ser feitas em qualquer época do ano.

Nota: Na preparação de estacas, deve ser deixadas de 2 a 4 folhas, retirando as demais na parte que ficará enterrada. Mantenha o substrato úmido, na sombra mas em local com boa iluminação.

PREÇO: Na Garden Pronta Flora em Holambra / SP o saco de muda estava sendo comercializada por R$ 0,85.
 
PILÉIA-ALUMINIO, PLANTA-ALUMÍNIO - ( Pilea cadierei )
FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei em Holambra / SP.

22/08/2014

BULBINE, CEBOLINHA-DE-JARDIM - ( Bulbine frutescens )



Herbácea perene.

 
Adicionar legenda

NOME CIENTÍFICO: Bulbine frutescens.


NOME POPULAR: Bulbine, bulbínea, cebolinha-laranja, cebolinha-de-jardim.


SINONÍMIA: Bulbine caulescens, Bulbine rostrata.



FAMÍLIA: Asphodelaceae.



CICLO DE VIDA: Perene.



ORIGEM: África do sul.



PORTE: De 20 a 30 cm de altura.



FOLHAS: Cilíndricas, estreitas, alongadas, suculentas e bastante numerosas, são semelhantes as folhas da cebolinha.
 
BULBINE, CEBOLINHA-DE-JARDIM - ( Bulbine frutescens )

FLORES: As inflorescências contêm flores pequenas de coloração amarela ou laranja que despontam em racemos longos, acima da folhagem. Despontam durante a primavera e verão, nas regiões quentes aparecem durante o ano inteiro. Atrai abelhas.


FRUTOS: Pequenas cápsulas arredondadas, com sementes de coloração preta que são dispersas pelo vento.



TRONCO: Acaule.



LUMINOSIDADE: Sol pleno.



ÁGUA: Tolerante a solo mais seco, regar 1 vez por semana no caso de ausência de chuva.


CLIMA: Pode ser cultivada em diversos tipos de clima, tolera o frio, conseguindo rebrotar na primavera.



PODA: Inflorescências secas devem ser removidas para estimular novas brotações.



CULTIVO: Bastante rústica, de baixa manutenção, aprecia solo rico em matéria orgânica com boa drenagem. Por ocasião do plantio misture bem no solo esterco animal, sempre muito bem curtido ou composto orgânico.



FERTILIZAÇÃO: Aplique composto orgânico 1 vez por ano.



UTILIZAÇÃO: Fica muito decorativa em diversas aplicações: em maciços, canteiros, bordaduras, ao longo de muros, vasos de forma isolada ou fazendo composição com outras plantas.


PROPAGAÇÃO: Por divisão de touceiras, que devem ficar em ambientes protegidos até se desenvolverem e também através de sementes.



PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinais.

 
BULBINE, CEBOLINHA-DE-JARDIM - ( Bulbine frutescens )

PREÇO: Em Holambra / SP na Garden Pronta Flora o saco de muda, estava sendo comercializado por R$ 0,95.

 
BULBINE, CEBOLINHA-DE-JARDIM - ( Bulbine frutescens )

PITACO DO AMIGO: Carlos Roberto Ferreira Dos Santos CEBOLINHA-DE-JARDIM - De fácil propagação no campo, mas que requer cuidados iniciais,... Brota no campo sem pedir licença, disposta a conquistar territórios avança como um exército em marcha constante!!! Suas lanças verdes apontam para o céu como guerreiros destemidos, deixando como rastro, sementes soltas ao vento para germinação!!! Mas também carrega a suavidade na sua floração, em tons amarelo e laranja, lhe confere um visual de um jardim nos campos!!! E como sinal de sua submissão, presta reverência ao Rei-Sol como um súdito da natureza, mas também por saber ser a simples CEBOLINHA que é !!! Abraços!!!

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei em Holambra / SP.
Nota: A primeira foto é da Prefeitura de São Paulo que será substituída logo que fotografar a planta florida. 

19/08/2014

FURCRAEA, PITA - ( Furcraea gigantea )


FURCRAEA, PITA - ( Furcraea gigantea )

NOME CIENTÍFICO: Furcraea gigantea.

Nota: Existem espécies hortícolas onde as folhas apresentam faixas em variadas tonalidades de verde.

NOME POPULAR: piteira, pita, croata-açú, caraguatá-açu.

Nota: Também é conhecida como agave-furcraea, por ser vegetativamente semelhante às espécies mais robustas de agave.

SINONÍMIA: Furcraea foetida, Furcraea bariletti, Funium piliferum.

FAMÍLIA: Asparagaceae.

Nota: Ainda não é consenso entre autores, alguns a colocam em outras famílias.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Brasil.

PORTE: De 1 a 2 metros de altura.

FOLHAS: Bastante ornamentais, em forma de roseta, são longas com a ponta aguda.
 
FURCRAEA, PITA - ( Furcraea gigantea )
FLORES: Inflorescência surge após vários anos, formada por uma haste de mais de 6 metros de altura, com numerosas flores. A planta mãe morre após esta fase.

TRONCO: Caule curto semi-lenhoso.

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Uma vez estabelecida suporta solo mais seco, podendo ser regada 1 vez por semana.

CLIMA: Gosta de clima quente e não tolera frio intenso.

PODA: Não necessária.

CULTIVO: Aprecia solo areno-argiloso que tenha boa drenagem.

FERTILIZAÇÃO: Aplicar NPK, fórmula 10-10-10, cerca de 1 a 3 colheres de sopa (conforme tamanho da planta), sempre ao redor da planta nunca junto a ela, incorporar levemente ao solo e regar em seguida.

UTILIZAÇÃO: Fica bonita cultivada de forma isolada, em pequenos grupos ou fazendo composição com outras plantas.

FURCRAEA, PITA - ( Furcraea gigantea )
PROPAGAÇÃO: Pelos bulbilhos que se formam após a floração.

PREÇO: Em Holambra / SP, o vaso (PT14) estava sendo comercializada na Garden Pronta Flora por R$ 14,00.
 
FURCRAEA, PITA - ( Furcraea gigantea )
FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei em Holambra / SP