ATENÇÃO LEITORES DO BLOG - COMENTÁRIOS:
Estou sem tempo para responder os comentários, peço colaboração dos leitores que realmente conhecem a planta da postagem, que ajudem a esclarecer a dúvida.

Ainda não trabalho com venda de plantas e não envio sementes.

Para ver todas postagens - É só clicar no link abaixo:
ÍNDICE GERAL DOS TÓPICOS

27 de fev de 2015

CLITORIA-AZUL, FEIJÃO-BORBOLETA - ( Clitoria ternatea )



Trepadeira volúvel.
CLITORIA-AZUL, FEIJÃO-BORBOLETA - ( Clitoria ternatea )
NOME CIENTÍFICO: Clitoria ternatea.

NOME POPULAR: clitoria-azul, feijão-borboleta, butterfly pea, blue pea, kordofan pea, asian pigeonwings (Inglês), zapatillo-de-la-reina, campanilla, bejuco-de-conchitas (Espanhol).

SINONÍMIA: Clitoria albiflora, Clitoria bracteata, Clitoria mearnsii, Clitoria tanganicensis, Clitoria zanzibarensis.

FAMÍLIA: Fabaceae (Leguminosae).

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Ásia Tropical, mas foi introduzida em outros continentes: África, América e Austrália.

PORTE: Pode chegar  atingir 4 metros de comprimento.

FOLHAS: Compostas, com 5 a 7 folíolos.
 
CLITORIA-AZUL, FEIJÃO-BORBOLETA - ( Clitoria ternatea )
FLORES: De coloração azul vivo e centro amarelado ou branco, são solitárias, com cerca de 4 x 3 cm.
 
CLITORIA-AZUL, FEIJÃO-BORBOLETA - ( Clitoria ternatea )
Nota: Existe variedade com flores brancas.

FRUTOS: São vagens que medem cerca de 7cm contendo 6 a 10 sementes.

TRONCO: Trepadeira volúvel, ou seja se enrosca em tudo que encontrar pela frente.

LUMINOSIDADE: Sol pleno, meia-sombra.

ÁGUA: Aprecia solo que tenha uma ligeira umidade, é tolerante pequenas estiagens e alagamento não prolongado.

CLIMA: Gosta de clima quente, não tolera frio intenso.

PODA: Pode ser desbastada se for necessária.

CULTIVO: Bastante rústica, se adapta a vários tipos de solos

FERTILIZAÇÃO: Não é exigente em relação a fertilização, mas acrescentar um pouco de composto orgânico ou NPK 04-14-08 irá ajudar em floradas mais intensas.

UTILIZAÇÃO: Bastante ornamental, fica muito bonita em pórticos, treliças. Na Ásia  as flores são utilizadas para colorir alimentos e bebidas.  

PROPAGAÇÃO: Por sementes.

PLANTA MEDICINAL: Tem propriedades medicinais.

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botãnico Plantarum localizado em Nova Odessa / SP:
 
CLITORIA-AZUL, FEIJÃO-BORBOLETA - ( Clitoria ternatea )

22 de fev de 2015

AFELANDRA-CORAL, PANAMÁ-QUEEM - ( Aphelandra sinclairiana )



Arbusto semi-herbáceo.

AFELANDRA-CORAL, PANAMÁ-QUEEM - ( Aphelandra sinclairiana )
NOME CIENTÍFICO: Aphelandra sinclairiana.

NOME POPULAR: afelandra-coral e Coral Aphelandra, Panamá Queem, Orange Shrimp Plant (Inglês

FAMÍLIA: Acanthaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: América Central.

PORTE: Pode atingir 3 metros de altura.

FOLHAS: Bastantes ornamentais, são grandes, brilhantes e com nervuras bem definidas.
 
AFELANDRA-CORAL, PANAMÁ-QUEEM - ( Aphelandra sinclairiana )
Nota: Estiagem e frio ocasionam a queda das folhas.
 
AFELANDRA-CORAL, PANAMÁ-QUEEM - ( Aphelandra sinclairiana )
FLORES: Sua inflorescência é composta por brácteas de coloração coral-alaranjada e flores róseas, são bastante visitadas por beija-flores.
 
AFELANDRA-CORAL, PANAMÁ-QUEEM - ( Aphelandra sinclairiana )
LUMINOSIDADE: Meia-sombra.

ÁGUA: Deixar o solo sempre úmido, mas não encharcado.

CLIMA: Aprecia clima quente e úmido, não tolera temperaturas baixas.

PODA: Para ter belas floradas e estimular crescimento, logo após a florada deve ser realizada poda.

CULTIVO: Gosta de solo rico em matéria orgânico mantido ligeiramente úmido.

FERTILIZAÇÃO: Aplicar NPK, fórmula 04-14-08, cerca de 1 a 3 colheres de sopa ao redor do caule nunca junto a ele, incorpore levemente ao solo e regue em seguida.

UTILIZAÇÃO: Fica maravilhosa fazendo composição com outras plantas, recebendo luz filtrada por árvores, ao longo de muros ou em vasos.

PROPAGAÇÃO: Por estacas, cortadas após a florada.
 
AFELANDRA-CORAL, PANAMÁ-QUEEM - ( Aphelandra sinclairiana )
FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico Plantarum localizado em Nova Odessa / SP.


  

19 de fev de 2015

PAPOULA, PAPOILA-DORMIDEIRA, DORMIDEIRA - ( Papaver somniferum )


PAPOULA - ( Papaver somniferum )
PAPOULA - ( Papaver somniferum )
PAPOULA - ( Papaver somniferum )
PAPOULA - ( Papaver somniferum )
PAPOULA - ( Papaver somniferum )
 

10 de fev de 2015

PITAYA, PITAIA

Nesta postagem apenas imagens (com datas) da Pitaya que plantei aqui na chácara onde moro:

PITAYA, PITAIA
PITAYA, PITAIA
PITAYA, PITAIA
PITAYA, PITAIA
PITAYA, PITAIA
INÍCIO:

Ganhei uma muda da amiga Eloisa:
PITAYA, PITAIA 
Ela cresceu e deu os primeiros frutos:
PITAYA, PITAIA
PITAYA, PITAIA

8 de fev de 2015

GRAMA-COREANA - ( Zoysia tenuifolia )


GRAMA-COREANA -  ( Zoysia tenuifolia )

NOME CIENTÍFICO: Zoysia tenuifolia.

NOME POPULAR: grama-coreana, grama-mascarenha, grama-veludo, grama-japonesa, relva-fenix, Mascrenegrass.

Nota: O nome comercial “Relva Fenix” foi dado devido sua resistência, longevidade e regeneração.

SINONÍMIA: Zoysia matrella var.tenuifolia, Zoysia pungens var. tenuifolia.

FAMÍLIA: Poaceae.

CICLO DE VIDA: Perene.

ORIGEM: Ilhas Mascarenhas (sudoeste do Oceano Índico e leste de Madagascar).

PORTE: Em média 15 cem de altura.

FOLHAS: Suas folhas são pequenas, estreitas, pontiagudas e voltadas para cima.

GRAMA-COREANA -  ( Zoysia tenuifolia )
TRONCO: Seu caule (rizoma) fica abaixo do solo

LUMINOSIDADE: Sol pleno.

ÁGUA: Comparando com um gramado tradicional ela pode ser irrigada cerca de 50 a 60% menos.

CLIMA: Aprecia clima quente a temperado.

PODA: Deve ser aparada de 2 a 3 vezes por ano.

CULTIVO: Tem crescimento lento, não é exigente em relação a tipo de solo, mas prospera melhor em solos férteis, mantidos ligeiramente úmido, mas não encharcado, tolera salinidade e solos mais secos.

FERTILIZAÇÃO: Por ocasião do plantio na preparação do solo aplicar composto orgânico.

UTILIZAÇÃO: Fica espetacular na formação de gramados em residências, campos de golfe, parque, telhados verdes, etc.

Nota: Devido a boa densidade dos rizomas é resistente ao pisoteio não intenso.

PROPAGAÇÃO: É feita através da divisão de rizomas, não produz sementes.

FOTOS DESTA POSTAGEM: Fotografei no Jardim Botânico Plantarum em Nova Odessa / SP.

GRAMA-COREANA -  ( Zoysia tenuifolia )